Leviatã de Thomas Hobbes (sugestão de aula)

Gostaria de compartilhar com vocês algumas estratégias metodológicas que utilizo nas minhas aulas quando o assunto é filosofia política. As práticas que eu descrevo abaixo são para uma primeira aproximação do aluno com o tema estudado. O Silvio Gallo chama esse tipo de prática de "sensibilização". Não acho esse termo muito bom, mas por falta de um melhor vou utilizá-lo aqui e em outras ocasiões.

Por meio da dinâmica a seguir tenho conseguido alcançar meu objetivo: envolver os alunos com o tema. Espero que ela seja útil também para outros colegas de profissão. 

PASSO A PASSO

1º PASSO: Peça aos alunos para formarem grupos com até 5 integrantes e se organizarem em pequenos círculos.

2º PASSO: Exponha para eles o seguinte cenário fictício: eles fazem parte de um grupo que vive vivendo em mundo sem Estado, não há leis escritas. Cada um é juiz, legislador e executor da lei. Todos os indivíduos desse grupo são extremamente agressivos. Diante dessa situação todos acabam tendo medo de uma morte violenta. Contudo, eles querem sair dessa condição, e o caminho seguido pelo grupo fundar o Estado, garantindo assim a segurança de todos.

3º PASSO: Solicite aos alunos que eles discutam e cheguem a um consenso sobre: a) Três leis fundamentais que devem ser estabelecidas com o surgimento do Estado; b) A forma de governo que esse Estado deve adotar. Lembre os alunos que as escolhas devem ser tomadas tendo em vista que eles buscam sair daquela condição onde todos temem uma morte violenta.

Obs: É importantes que os alunos já tenham um conhecimento básicos de filosofia política sobre "formas de governo".

4º PASSO: Diga para os alunos escreverem numa folha separada o que foi decidido. Eles devem ainda justificar as escolhas. Recolha as folhas.

DISCUSSÃO: O objetivo dessa sensibilização é preparar os alunos para o estudo da filosofia política de Thomas Hobbes. Depois dessa dinâmica eu faço uma breve introdução explicando qual é o tema do livro "Leviatã" de Thomas Hobbes. Nas aulas subsequentes começo a explicar conceitos como estado de natureza, sociedade civil e contrato social. Mostro para os alunos como que essas ideias estavam presentes na dinâmica que eles realizaram. Depois de algumas as aulas sobre o tema, procuro discutir a atualidade do hobbesianismo político. Por fim, levo as atividades feitas pelos alunos na primeira aula e discutimos qual grupo escolheu uma forma de governo que está mais próxima da forma considerada mais apropriada por Hobbes.
Compartilhe no Google+

0 comentários: