Debates: lógica, ética e política (sugestão de aula)



Há algum tempo um dos trabalhos que os alunos mais gostam de participar são os debates. Por meio deles tenho conseguido abordar questões de LÓGICA, ÉTICA E POLÍTICA. Logo abaixo explico como desenvolver debates em sala de aula atrelando-os aos conteúdos estudados nas suas aulas de filosofia:





1º PASSO: 

a) os alunos formarão grupos com até 6 integrantes. 

b) o professor selecionará uma série de temas que serão debatidos entre os grupos (algumas sugestões de temas: descriminalização do aborto; legalização da eutanásia; institucionalização da pena de morte; utilização de animais não-humanos em pesquisas científicas, legalização das drogas)

c) Para cada debate haverá um grupo pró e outro contra. Por exemplo, num debate sobre aborto haverá um grupo defendendo a descriminalização do aborto e um grupo se posicionando contra. O professor deve realizar um sorteio determinando o tema o posicionamento (pró ou contra) de cada grupo, bem como a data de cada debate.

2º PASSO: 

a) O professor deve esclarecer que o debate deve ser laico. Sugiro que um prazo de 2 deve ser dado aos alunos até o primeiro debate. Esse tempo é suficiente para eles realizarem pesquisas sobre o tema e montarem diversos argumentos para o debate.

b) O professor deve esclarecer com antecedência as regras do debate, além de sempre relembrá-las antes dos debates. As REGRAS são as seguintes:

I. O debate terá três rodadas

II. Na primeira rodada o grupo "pró" apresentará sua defesa e desenvolverá uma argumentação usando aproximadamente 5 ou 7 minutos. O grupo "contra" fará uma réplica com direito ao mesmo tempo. Por fim, o grupo "pró" deverá fazer um tréplica dentro do mesmo tempo estipulado. 

III. Na segunda rodada o mesmo procedimento é repetido, contudo, que inicia a rodada é o grupo contra.

IV. Na terceira rodada os grupos terão o direito a uma última fala. Cada grupo terá entre 5 a 7 minutos para fazer as considerações finais sobre o debate, reafirmando mais uma vez seu posicionamento e esclarecendo quaisquer dúvidas.

3º PASSO:

a) uma semana depois do último debate cada grupo deverá entregar um relatório. No relatório deverá conter informações sobre todos os debates realizados na turma: o que foi debatido em tal dia, quais argumentos foram apresentado, quem defendeu o quê.

b) Os CRITÉRIOS PARA AVALIAÇÃO do debate são:

I. Argumentação clara e consistente nas proposições levantadas.

II. Conhecimento sobre o tema.

III. Capacidade de reação na réplica e na tréplica.

IV. Respeito aos colegas de debate.

V. A qualidade do relatório dos debates.


Como abordar conteúdos de filosofia por meio dos debates?

LÓGICA:

Quando estou trabalhando lógica com os alunos os debates são utilizados para exercitar o aprendizado de falácia não-formais. Assim, solicito que os alunos identifiquem falácias utilizadas pelos grupos durante os debates. A ideia é que os alunos incluam no relatório as falácias que eles conseguiram identificar nos debates.

ÉTICA:

Quando estou ministrando aulas sobre ética peço aos alunos que construam para o debate pelo menos um argumento baseado em alguma teoria moral. Assim, por exemplo, peço que independente do tema ou do posicionamento do grupo (pró ou contra) eles precisam formular um argumento utilitarista para a sua defesa.

POLÍTICA:

Quando estou ministrando aulas de filosofia política uso os debates para explicitar noções do liberalismo político. Com isso, peço que os alunos construam para o debate ao menos um argumento liberal. Isto significa, os alunos devem construir argumentos baseados em noções como direitos individuais, liberdade política econômica, tolerância, tirania da maioria, etc.
Compartilhe no Google+

0 comentários: