Até Bart sabe que isso é errado (estudo dirigido)





Nesse texto aspectos da ética de Kant são abordados a partir do personagem Bart Simpson. No final do texto há três questões para estudo e o episódio da série mencionado.








Bart Simpson tem muito do pai em seu caráter. Ele tem a atitude de não-estou-nem-aí, do garoto que só quer se divertir, e que vive procurando encrenca. Em “A namorada de Bart”, Bart desenvolve uma paixão impulsiva pela filha do reverendo Lovejoy, Jéssica. A princípio, Bart acha que precisa frequentar a escola dominical para conquistar a afeição de Jéssica. Mas ela só fica interessada nele quando reconhece em Bart um possível parceiro no crime.

Esse episódio ilustra as possibilidades da hipocrisia moral quando a moralidade é identificada com a conformidade a um código externo de comportamento. Como filha de um ministro religioso, Jéssica faz o papel de menina “boazinha”. Para garantir seus desejos egoístas, ela apela com hipocrisia para a moralidade. Mas com Bart há limites, uma atitude de “já basta”. Quando Jéssica rouba dinheiro da coleta da igreja, Bart faz o possível para se opor ao furto: “Roubar dinheiro da igreja é muito errado!”, ele lhe diz. “Até eu sei isso”. Quando acusam Bart do furto, ele pergunta a Jéssica por que deveria protegê-la. Ela responde: “Porque ninguém vai acreditar em você, se contar. Lembre-se que eu sou a doce e perfeita filha do ministro, e você é só um delinqüente”.

Por causa de suas costumeiras diabruras, os ocasionais reconhecimentos de Bart do dever podem assinalar certos pontos morais mais efetivamente do que no caso de crianças normalmente bem comportadas.

QUESTÕES 

1. Bart discorda de Jéssica por que ele quer agir de acordo com algum princípio religioso? Justifique sua resposta.
2. Para Kant é possível a qualquer pessoa agir moralmente. O texto mostra que Kant estava errado e que pessoas com um comportamento duvidoso nunca conseguem agir moralmente? Justifique sua resposta.
3. O que o texto chama de hipocrisia moral?

video
Compartilhe no Google+

0 comentários: